Arqvs. por Categoria: mostras

Sala de Leitura, Campinas Decor 2015

 

20150520 CRIA 08

A Sala de Leitura projetada pelas arquitetas Juliana Boer e Juliana Mistro, foi pensada como um ambiente ideal para fugir  do  stress  cotidiano  e  do  ritmo  acelerado  da  vida  nas  grandes cidades… Um espaço dedicado aos momentos tranquilos e calmos das boas leituras….

Com um pé direito de 4 metros de altura, o uso da madeira tem papel fundamental no clima intimista e acolhedor do projeto, a simetria também é importante pois organiza o espaço visualmente.

Os tons claros da madeira e a cor branca predominante no mobiliário, permitem um toque de ousadia… Peças douradas que adicionam brilho e sofisticação, sem perder a sobriedade.

20150520 CRIA 02

De um lado a grande estante de madeira freijó lavado com lareira em mármore travertino romano bruto, onde os nichos dos livros são iluminados. De outro um lindo painel também de madeira freijó lavado, com paginação especial.

20150520 CRIA 07

 

Iluminação eficiente e adequada  proporcionada  pelo  uso  de luminárias em LED. O raio luminoso é livre de UV e de calor, proporcionando maior conforto térmico à edificação, fator que também contribui para a redução do consumo energético e gera economia de até 80 %. Na estante todos os nichos são iluminados com fitas de LED, Luminárias de Coluna e Abajures complementam a iluminação pontualmente.

20150520 CRIA 20

Mobiliário e Acessórios de design assinado, por Jader Almeida, Pedro Mendes, entre outros.

 

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emCampinas Decor 2015, design de interiores, eventos | 1 Comentário

Inauguração Campinas Decor 2015

FullSizeRender (1)

Quarta feira foi a noite de inauguração do Campinas Decor 2015. Este ano nosso ambiente é a Sala de Leitura!

A Sala de Leitura foi pensada como um ambiente ideal para fugir  do  stress  cotidiano  e  do  ritmo  acelerado  da  vida  nas  grandes cidades… Um espaço dedicado aos momentos tranquilos e calmos das boas leituras….

Com um pé direito de 4 metros de altura, o uso da madeira tem papel fundamental no clima intimista e acolhedor do projeto, a simetria também é importante pois organiza o espaço visualmente.

Os tons claros da madeira e a cor branca predominante no mobiliário, permitem um toque de ousadia… Peças douradas que adicionam brilho e sofisticação, sem perder a sobriedade.

 

convite site

 

A Campinas Decor 2015 será realizada de 14 de maio a 2 de agosto, no Shopping Iguatemi Campinas, na Av. Iguatemi, 777, Vila Brandina. A mostra funciona de terça a sábado, das 14h às 22h e aos domingos e feriados, das 14h às 20h. A bilheteria fica no local e funciona até 1h antes do término da visitação. Os ingressos custam R$ 35, estudantes e idosos pagam R$ 17,50,  e crianças de até 12 anos podem entrar gratuitamente.

 

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emCampinas Decor 2015, design de interiores, eventos | Deixe um comentário

Campinas Decor 2010

A principal premissa deste projeto é a integração da arquitetura sustentável e seus materiais com uma linguagem contemporânea.

A dinâmica do espaço é determinada pelo uso de elementos em simetria bilateral, derivada da linguagem mais clássica presente na edificação. Esta simetria consiste na distribuição equilibrada de elementos semelhantes ao redor de um eixo comum, sendo uma forte presença em contraponto ao caráter mais contemporâneo do design de interiores.

Todos os produtos especificados, além de causarem menor impacto ambiental, proporcionam um espaço muito mais agradável onde se destacam:

  • um ambiente livre de COV´s, utilizando produtos como tintas e vernizes sem solventes
  • iluminação eficiente e adequada proporcionada pelo uso de luminárias em LED
  • incentivo ao consumo consciente e comércio solidário apresentando: peças artesanais com valor agregado, matéria-prima local e uso de técnicas tradicionais. Peças cerâmicas, tapete artesanal e objetos decorativos
  • Produtos naturais de fontes renováveis como: tecidos naturais produzidos regionalmente por industria limpa, uso fibras naturais no mobiliário
  • Mobiliário do Programa Madeira Urbana, que prevê o reaproveitamento de madeiras provenientes da poda ou queda de árvores urbanas e rurais, assim como as oriundas de demolição e descarte de obras, para confecção de móveis e objetos de decoração
  • Parede de Taipa de Pilão ou Terra Estabilizada Compactada
  • Produtos reciclados industrializados, como a bancada de resina ECO, produzida a partir de óleo de milho e 75% de conteúdo reciclado, em substituição a pedras naturais.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 5
  • 6
  • 10
  • 9
  • 8
  • 7
  • 4

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emprojetos cria | Deixe um comentário

Campinas Decor 2009

O espaço de aproximadamente 100m², desenvolvido para a Mostra Campinas decor 2009,incorpora design inteligente , tecnologias verdes, técnicas construtivas e materiais que diminuem significativamente o impacto ambiental causado pelas construções tradicionais e melhora a qualidade de vida cotidiana.

ECOLOFT foi concebido como um exemplo de moradia sustentável e contemporânea que contempla todas as funções de uma residência convencional em um espaço extremamente compacto e versátil.

O projeto utiliza recursos arquitetônicos para reduzir a habitação à sua essência e conseguir a máxima eficiência nos espaços mínimos. Apresenta soluções engenhosas que permitem que a casa, por diminuta que seja, ofereça um lugar para cada uma das funções básicas: descanso, alimentação e higiene.

Dado ao caráter efêmero da mostra, o volume da edificação fácil de desmontar e montar novamente, se eleva sobre uma estrutura de madeira que permite a instalação em diferentes tipos de terrenos. Aqui a habitação de 25m² parcialmente elevada sobre um terreno em declive, foi resolvida com um sistema estrutural modular de madeira de manejo sustentável.

Outros sistemas construtivos sustentáveis, como a taipa de pilão e o tijolo de solo cimento foram incorporados ao projeto reforçando o perfil didático do espaço, que também oferece soluções para redução do consumo de água, energia e tratamento de efluentes.

1

2

3

4

5

7

8

9

10

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emprojetos cria | Deixe um comentário

Campinas Decor 2008

Pela primeira vez o evento Campinas Decor aconteceu em um espaço tombado como patrimônio histórico – a Estação Guanabara, berço da extinta Companhia Mogiana de Estrada de Ferro.

Nós do Cria arquitetura, desenvolvemos o ambiente SALA DE DESCANSO. Um refúgio que integra o conceito de bem estar do indivíduo, com o bem estar do Planeta, utilizando a arquitetura sustentável para projetar um espaço mais saudável e mais adequado ao relaxamento e revitalização das energias.

Buscamos nos elementos da natureza (metal, madeira, terra, água, fogo) criar um ambiente equilibrado e ao mesmo tempo aconchegante, em que todos os produtos especificados, além de causarem menor impacto ao meio ambiente proporcionam um espaço muito mais saudável. Garantem um ambiente livre de gases tóxicos (COV´s,), com conforto térmico e acústico, iluminação eficiente e adequada. Agradam os sentidos com tecidos naturais, macios ao toque e propriedades antialérgicas.

Todas a emissões de CO2 oriundas das atividades, relacionadas ao projeto, obra e utilização do ambiente durante o evento, foram neutralizadas.

2s

3

4bb

5inteira

6

9s

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emprojetos cria | Deixe um comentário

Campinas Decor 2006

O local destinado a Mostra Campinas Decor 2006 foi o Condomínio Páteo Santa Fé, um empreendimento de altíssimo padrão, numa das áreas mais nobres da cidade. O banheiro público do evento é o espaço destinado a este projeto de design de interiores, nomeado de ECOBANHEIRO.

O projeto utiliza conceitos da arquitetura sustentável aliados a uma linguagem minimalista. A dinâmica do espaço é determinada pelo movimento gerado na composição de planos, que também induzem percursos e delimitam usos. A intenção de criar novas sensações, com mínimas intervenções requer um cuidado especial na escolha dos materiais, que têm papel fundamental na qualidade do ambiente. Padrões e texturas criam sutis contrastes e intensificam o movimento criado pelos planos. A cor branca é utilizada como moldura, destacando os materiais, além de auxiliar na reflexão da luz, e ampliação do espaço. O layout é trabalhado de forma integrada, com harmonia e eficiência, garantido o cuidado com a natureza e com as pessoas, contempla as normas de acessibilidade e garante que o uso efetivo do banheiro não impeça sua visitação.

O espaço gira em torno de três elementos arquitetônicos; forro, painel e passarela de madeira, composição que funciona como um cenário de onde se compreende todo o ambiente. Delimita a área das cabines (de uso mais restrito) e define os lados masculino e feminino. Paralelamente a passarela, divisórias de solocimento determinam o hall de entrada e áreas mais restritas nos dois lados. Um sistema de cortinas, acoplado ao forro de madeira, abre e fecha perspectivas, garantindo a privacidade do visitante quando necessário.

1d

3

9

12

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emprojetos cria | Deixe um comentário

Campinas Decor 2004

Seguindo uma tendência internacional, de revitalização de áreas de valor histórico para exploração do turismo, a Campinas Decor 2004 – Mostra de Arquitetura, Decoração e Paisagismo, em sua nona edição foi realizada na Fazenda Pau D´Álho.

Localizado em uma região rodeada de edificações que fazem parte da história da fazenda e da cidade, como a senzala, o paiol e o terreiro de café, o local destinado a instalação do Banheiro Masculino era um antigo depósito com paredes e piso de tijolos assentados no barro, com pé direito baixo e sem janelas.

O projeto teve como partido a valorização de elementos e qualidades do local, através da utilização de técnicas para trazê-lo aos olhos do visitante, criando uma rede de descobertas, despertando sua curiosidade e facilitando a leitura do espaço e de suas atrações.

O layout é definido levando em conta a contemplação do entorno e a necessidade da preservação da linguagem e dos materiais. O mictório, ícone de um banheiro masculino, é eleito o elemento construído ordenador deste espaço, integrando o interior e o exterior, o homem e a natureza, o novo e o antigo.

O contraste entre a linguagem contemporânea adotada para o projeto e a manutenção dos ritmos, gabarito, cores e texturas originais, é suavizado pela escolha dos materiais empregados. O ferro oxidado, a madeira, a pedra e o concreto aparente aparecem em suas texturas mais brutas, assim como a rusticidade do barro nos tijolos. O branco é utilizado como pano de fundo para o cenário criado, e a iluminação com seu caráter pontual, destaca os elementos mais importantes.

1

2

3

4

5

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emprojetos cria | Deixe um comentário

Casa Cor Campinas – Sala da Família

A maior inspiração em nossos projetos é sempre a ideia da integração do design sustentável e seus materiais naturais com uma linguagem contemporânea. Este conceito permeia todo o trabalho do Cria arquitetura e não poderia ser diferente na mostra Casa Cor Campinas. Assim criamos a Sala da Família,um espaço ideal para fugir  do  stress  cotidiano  e  do  ritmo  acelerado  de  vida  das  grandes cidades. Um espaço para o convívio familiar,para as trocas de experiência,as longas conversas,as boas leituras….

A proposta para a sala com 5,50m x 4,45m e pé direito de 3,40m num total de 25m², tira partido da arquitetura original do Palácio do Bispo e busca exaltar suas qualidades. Além disso, um cuidado especial na escolha dos materiais tem papel fundamental na qualidade do ambiente, que ganha um  clima  acolhedor  e  aconchegante  pela  predominância  de  tons naturais,crus e acinzentados,iluminação suave e padrões e texturas com contrastes sutis.

B01

BX

B13

B12

B11

B10

B09

B08

B07

B06

B05

B04

B03

B02

 

Compartilhe

Pinterest

Também publicado emprojetos cria | 1 Comentário
  • Sobre o Blog

    Nós do CRIA arquitetura acreditamos em idéias simples, realizadas com paixão, e inteligência, valorizando a estética e a racionalidade por meio do uso de materiais e tecnologias inovadoras. Conceito que aplicamos tanto em nossos projetos de arquitetura convencional, quanto nos projetos de arquitetura sustentável.

    Criamos este espaço para discutir e compartilhar as tendências da arquitetura e as urgências do planeta.

  • Quem Somos

    Juliana Mistro e Juliana Boer